21 de fevereiro de 2008

Tem vergonha de amamentar seu filho em lugares públicos?

Dando continuidade ao post da Su aí debaixo, resolvi colocar a questão acima no ar. Motivo? Eu sempre tive muita vergonha de amamentar a Malu em lugares públicos. Me sentia mal quando ia passaear com bebê e não tinha um espaço reservado como os cantinhos dos shoppings para curtir a minha filhota sugando meu leite. Isso me fez pensar até que ponto esse pudor pessoal pode interferir nessas decisões preconceituosas de instituições como o State Museum, de Nova York.

Eu confesso que tenho orgulho danado dessas mulheres que ao sentir a fome do filho, agem com a maior naturalidade independente do lugar que estejam...Mas como a gente sempre aprende: nem todas as mães são iguais, por mais que o ditado popular prega o contrário ("mãe só muda o endereço"?) Então, acho válido não só protestar em relação ao nosso direito de amamentar em lugares públicos como também de exigir os tais cantinhos adequados para aquelas que como eu precisava de um espaço aconchegante para realizar este ato de amor. E que tal um fórum para debater isso?

Não há lugar mais adequado para gente aprender sobre isso que na comunidade do orkut, Grupo Virtual da Amamentação! Conheça esse cantinho de mulheres éticas, solidárias, extremamente mestras lá no orkut e dê sua opinião. O que você pode fazer mais? Escreva sobre a situação da americana Kristin Kelly no seu blog e contribua para amenizar este preconceito, que também acontece por aqui.


UPGRADE: No ano de 2011, amamentar em público ganhou repercussão nacional no Brasil e gerou manifestação popular, conhecida como Mamaço. 

Posts Relacionados:
Amamentação em Público 
Proibido amamentar em museu!

3 comentários:

  1. Olha, eu também não fui a mulher mais "leberta" quanto à questão da amamentação em público não. Confesso que já fui pra dentro do meu carro ENE vezes pra amamentar o LUca pq não achava um "cantinho" pra dar de mamar pra ele. E acho que isso vem muito dos olhares que recebemos. Por mais que todo mundo saiba (é isso que se espera) que amamentar é um ato natural, normal e necessário, ainda sinto que, no meio da multidão, as pessoas me olham como se eu estivesse, no mínimo, dando um show em praça pública.
    Por isso, e só por isso, procuro nos preservar um "cadinho" mais.

    beijos Ceila!

    ResponderExcluir
  2. Ceila,

    Eu amamentei meus filhos por mais de um ano e meio cada um e NUNCA tive vergonha de amamentar em público! Se eles começavam a chorar, eu sentada, levantava a blusa, abria o soutien e dava o peito, não importando onde eu estivesse, fosse no shopping, na sala de espera do consultório médico, na frente de meu pai, de meu sogro, de meu irmão, de um amigo.
    Nunca sofri discriminação por amamentar em público. Ainda bem, porque se alguém reclamasse, ia ouvir poucas e boas! ;-)

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. nossa que legal, apesar de todas nós valorizarmos e apoiarmos a amanetação, cada uma tem seu jeito, né! esse post ficou perfeito pq mostra que há quem tem vergonha como eu, ´mas tem orgulho de pessoas como vc, Carla! Valeu e obrigada por comentarem sobre suas experiências!

    ResponderExcluir